Creating a 3D Illustrative Animated Cursive Logo: Give Z Depth to Spline

Photo of EJ Hassenfratz

Instructor EJ Hassenfratz

Share this video
  • Duration: 07:26
  • Views: 1209
  • Made with Release: 17
  • Works with Release: 17 and greater

Learn how to adjust spline points to add Z depth to the script logo.

Learn how utilize all 3D viewport views to move spline points in Z space to add Z depth to script logo.

Less...

Transcript

So since we are, of course, working in 3D space, it's probably a good idea to add some Z depth to our spline by adjusting our spline points in 3D Z space. So, right now, you can see that as I rotate around my little sweep setup here, you can see we have some nice 3D depth. We have nice 3D stroke looking text. But you can see that it's overlapping on itself. And we can change that by just adjusting the points on each of our objects here and kind of moving and pushing and then pulling them in Z space. So this is going to be a nice little exercise in getting used to utilizing all your 3D views to get precisely the look you want on your cursive logo. So in addition to using the one, two and three shortcut keys to move around, we can also use these icons to pan, zoom or rotate. And, again, it's probably a good idea to go into our 4UP view just by clicking that little viewport button. And now we can kind of get a nice overall picture of our 3D scene. So now, we can start going into our splines here and start selecting points and just moving them around in Z space by just pushing and pulling them and giving them a little smoother angles here. And this is just you take your... You pull out your old creative license there and just start having some fun with how this is going to look. And notice that over head on this top view, this spline looks okay. But from the front view, you can see, as I adjusted that soft interpolation on that spline point, I kind of screwed it up in the front view. So, again, this is a really good exercise with utilizing all of your 3D views here and making this cursive logo look exactly as you would like. So I can move around here. And if I want to select a new point, I can simply click on it. Or if I want to select multiple points I can hit spacebar. And that'll go to my last selection mode. So I can select multiple points or just this one and then hit the spacebar again and that will go to my last manipulation tool. So we can move around here. We can give this a little 3D depth here. So we've got a nice little arc going on. You can then grab this point on the L and adjust this a little bit. And, again, we want to make sure this looks good from all angles here. So, as I move this little loop in the L, probably want to move this point right here and move it back and soften that curve. So, again, I'm moving this in the top view but sometimes it can screw up the view of how it looks from front on. And, again, using your right view, we can get a sense of how this looks in this view as well. So, again, really nice introduction to getting used to using all of your 3D views here in your viewport to get your 3D objects the way you want. So there we go. And that loop is actually fairly big. I got a little bit crazy. I got a little bit too loopy there. And let's just bring this in. So that's looking a little bit better. And you can probably give this a little bit more smoothing right here on the spline. And that's looking pretty good. I can go on this bottom part of the letter P and just give that a little bit of 3D depth as well. And let's see here, maybe move this forward a little bit, again, using all of my views to really see how this is going to look. And you can see on my top view this isn't very smooth on the top here. So I'm just going to move this forward, just going to smooth this out and make sure in all of my views this is a really nice, smooth kind of spline. Again, from my front view, I can smooth that out even more. Just get a really nice smooth curve. And, again, now that I'm looking at this part of my letter P, it's just like hanging out there in the middle of nowhere. So I can bring that in, adjust the angle on that. And a lot of this is just tweaking and really just making this look as good as you want it to. Again, that creative license that you got from art school you can use the heck out of it and have some fun in 3D space here. So this is looking pretty good. And I'll let you guys go ahead and get the idea of trying to manipulate all of your spline points in 3D space. One last thing I want to cover is this spline point angle. Now this basically defines how many subdivisions are between each point. So you can see, at default of five degrees, you can see that we have pretty nice looking splines here. But you can see if I move this up, you can see that the definition really starts to get chunky on your splines. And this is due just to keep your optimum render and viewport speed in check. And the higher you go the less definition but the speedier your viewport will be. But for a simpler scene like this, we can really just bring this all the way down to zero and ensure that we have the smoothest splines we can possibly have. So, again, you really want to watch out with heavier scenes with more objects in it how high you move that angle because when you increase the subdivision or lower that angle, you also increase the density of the geometry generated by the generator objects such as sweep objects. So I can go onto my display here and go to lines. And you can see how dense that mesh is. And if I bring that down, you can see that makes our mesh less dense but it also gets chunkier. So it's always a balance. Again, for this scene, really doesn't hurt that much, but just something to keep in mind in more complicated scenes. So by moving our spline points in Z space and adjusting our bezier handles, we added some really nice 3D depth to our cursive logo and ensured there was no geometry overlapping in our scene.
Já que estamos, obviamente, trabalhando em 3D, é provavelmente uma boa ideia adicionar alguma profundidade em nossa Spline, ajustando os pontos da Spline no eixo Z em 3D. Como você pode ver, se eu orbitar em volta da minha pequena configuração Sweep, nós temos uma boa profundidade 3D. Também temos um texto com traçados 3D bonitos. Mas é possível notar que está acontecendo uma sobreposição. Para mudar isso, podemos ajustar os pontos de cada um dos objetos, movendo eles para frente ou para trás no eixo Z. Este vai acabar sendo um bom exercício para acostumá-lo a utilizar todas as janelas 3D afim de conseguir chegar a um resultado desejado do seu logo escrito a "mão". Em adição a utilização das teclas 1, 2 e 3 para se movimentar, você também pode utilizar estes ícones para os movimentos de pan, zoom e rotação. E como antes, talvez seja uma boa ideia termos quatro janelas, simplesmente clicando neste pequeno botão do Viewport. Agora temos uma boa visão geral da nossa cena 3D. Vamos começar selecionando as nossas Splines e então vamos movimentar os seus pontos no eixo Z, ao empurrar ou puxar, dando ao texto ângulos mais suaves. E este processo é bem pessoal ... Pegue aquela antiga licença criativa que você tinha e comece a se divertir criando a forma final. Algo a se prestar atenção, olhando pela janela Top, é que a Spline parece okay. Mas se olharmos da janela Front, conforme eu ajustava esta Soft Interpolation neste ponto da Spline, eu acabei estragando ela na visão frontal. Por isso que este é um bom exercício de utilização de todas as janelas 3D, auxiliando na criação deste logo cursivo na maneira exata que você quer. Eu posso mover aqui. E se eu quiser, posso selecionar um novo ponto simplesmente clicando em cima dele. Ou se eu quiser selecionar múltiplos pontos, eu posso apertar a tecla Espaço do teclado. Isso faz com que o último modo de seleção utilizado seja recuperado. Assim eu posso selecionar múltiplos pontos, ou apenas esse, apertar Espaço novamente e isso irá retornar a minha última ferramenta de manipulação utilizada. Vamos mexer um pouco aqui e tentar dar um pouco de profundidade 3D. Temos este pequeno arco aqui, então podemos pegar este ponto no L e ajustar mais um pouco. Mas lembre-se sempre de checar se o resultado é bom em todos os ângulos. Conforme eu mexo neste pequeno Loop do L, provavelmente quero mover este ponto aqui e levá-lo um pouco para trás para suavizar a curva. Novamente, estou movendo ele na janela Top, mas isso às vezes pode estragar a forma na janela Front. Vamos usar agora a janela Right pra termos uma percepção de como o texto parece neste ângulo. E como eu disse antes, essa é uma ótima introdução para se acostumar a utilizar todas as janelas 3D na manipulação dos seus objetos 3D, do jeito que você quer. Creio que este Loop ficou grande demais, acho que exagerei um pouco. Fui um pouco Loop demais aqui. Vamos voltar um pouquinho. Agora está muito melhor. E você provavelmente consegue dar um pouco mais de suavidade aqui na Spline. Agora sim, isso está ficando bom. Posso vir aqui na parte de baixo da letra P e também dar um pouco de profundidade 3D. Vamos ver aqui, talvez mover este pedaço pra frente, e novamente, usando todas as minhas janelas, realmente ver como fica o resultado. Podemos reparar na janela Top que isso não está muito suave. Vamos então movê-lo um para frente, apenas para suavizar um pouco e então verificar em todas as minhas janelas se está uma boa e suave Spline. De novo, na janela Front, eu posso suavizar ainda mais, para termos uma curva realmente suave. E agora que eu estou olhando esta parte da minha letra P, este pedaço parece que está sobrando aqui, no meio do nada. Então eu posso trazer mais pra dentro, ajustando este ângulo. Muito disso é apenas ajustes, fazendo que o texto fique bom do jeito que você quer. E como disse antes, pegue aquela licença criativa que você ganhou nas aulas de arte e use-a aos montes enquanto você se diverte no 3D. Acho que estamos conseguindo um bom resultado. Eu realmente quero que vocês tentem se acostumar com a manipulação dos pontos da suas Splines em 3D. Uma última coisa que eu quero cobrir é esta opção Spline Point Angle (ângulo do ponto Spline). Isso basicamente define quantas subdivisões existem entre cada ponto. Então como vocês podem ver, por padrão são 5 graus, o que resulta em Splines suaves e bem bonitas. Mas se eu começar a aumentar este valor, a definição das Splines começa a cair e começamos a ter curvas bem duras. Isso pode ser útil para manter tanto a renderização rápida, como também a velocidade do viewport. Quanto mais alto você for, menos definição você vai ter, mas mais rápido será o Viewport. Mas para uma cena simples como essa, nós podemos deixar esse valor lá embaixo, em 0, e termos a garantia que as Splines serão o mais suave possível. Relembrando, preste atenção nas cenas mais pesadas e com muitos objetos e no quão alto você vai deixar a subdivisão ao diminuir este valor, porque quando você faz isso, a densidade da geometria gerada pelos objetos geradores, como os objetos sweep, cresce exponencialmente. Se eu for no menu Display e selecionar Lines, nós conseguimos visualizar como as malhas estão densas. Conforme eu mexo neste valor, as malhas ficam menos densas, mas também ficam mais quadradas. Então isso é sempre um balanço, mas para esta cena em particular não importa muito, mas é algo para sempre ter em mente quando se trabalha com cenas mais complicadas. Ao mover os pontos de Spline no eixo Z e ajustando as alças Bezier, conseguimos adicionar uma bonita profundidade 3D para o nosso logo cursivo, nos assegurando que nenhuma geometria está sobreposta em nossa cena.
Resume Auto-Scroll?